Curtas e Quentes do Jornal da Saúde. Confirmada a eficácia do NQI para para dissolver cálculo renal.

vida saudável Jornal Saúde Integral mais saúde
ASSINE JÁ!
Assine Já
Jornal Saúde Integral
Mais que um Jornal, um estilo de vida  |    home  
anuncie
fale conosco
  Bem-vindo! Assinante clique aqui para login

 

Menu do Jornal
Mais lidos

 

 

 



 

 

 

Curtas e Quentes

 

Notícias Curtas e Quentes

Curtas e Quentes

 

Pesquisa indica: médicos desconhecem fitoterápicos

Pesquisa entre assinantes de Drug and Therapeutic Bulletin (DTB) indica que os médicos são mal informados sobre medicamentos fitoterapêuticos. Além disso, eles pensam que os pacientes sabem muito pouco a respeito desses medicamentos.

A pesquisa DTB em medicamentos fitoterápicos foi realizada online, em Janeiro de 2010, enviando questões a um universo aleatório de 1.157 assinantes. A taxa de resposta foi de pouco mais de 14 por cento.

Mais de 80 por cento dos entrevistados na pesquisa eram médicos. A maioria, médicos de família. Os demais eram farmacêuticos.
 

 

 

Alimentação protege mais que protetor solar

Com pânico de se expor ao sol, as pessoas usam e abusam de protetores solares, como se isso resolvesse. Não é atitude saudável. O Dr. Michael Holick, professor de medicina, dermatologia, fisiologia e biofísica do Centro Médico da Universidade de Boston, afirma que para cada caso de câncer de pele por exposição solar há vinte outros de câncer de seio ou próstata causados por se evitar o sol.

Um artigo da Dra. Niva Shapira, publicado no jornal Nutrition Rewiews, aponta o principal culpado pela maioria dos cânceres de pele, inclusive o temido melanoma: alimentação pobre. Há anos digo isso a meus pacientes. Está claro que os índices de câncer e o uso de protetor solar têm aumentado juntos. Para mim, significa que o uso do protetor não garante imunidade. O ideal é alimentar-se bem.

Tome sol sem proteção e aproveite o lado bom dos raios UV, como a transformação e a absorção da vitamina D. Quando a pele ficar rosada, saia do sol e aplique protetor, porque raios UV podem nos atingir mesmo à sombra. No mais, siga uma dieta de acordo com suas necessidades individuais, como a do tipo metabólico, que reduz a incidência de melanoma e de danos à pele relacionados aos raios UV. - Wilson Rondó Jr, especialista em medicina preventiva, nutrólogo e cirurgião vascular em São Paulo, capital.



Como o meio ambiente afeta a saúde

A ampla divulgação dos estudos sobre o buraco na camada de ozônio e a mobilização mundial em torno do assunto produziu resultados sensíveis. O buraco parou de crescer, está concentrado principalmente no pólo sul e, em algumas décadas, deve sumir. Os perigos dos raios ultravioleta também ficaram mais claros para a população, que percebeu a necessidade de se proteger deles independente ou não do buraco.

Apesar de muito eficiente, a camada de ozônio não impede a entrada total dos raios ultravioleta. Por isso é importantíssimo proteger-nos do sol diariamente. Os protetores e bloqueadores solares executam muito bem suas funções.

É muito comum ver pessoas circulando sem camisa ou com camisas do tipo regata, que ampliam a área de pele exposta ao sol. As áreas expostas não costumam receber o devido cuidado e ficam sujeitas a altas doses de raios ultravioleta.

O protetor solar deve ser aplicado diariamente nas áreas expostas e reaplicado de acordo com as instruções. Também é importante manter a hidratação e procurar não se expor ao sol das 10h e às 16h, período de maior incidência.

Evite o sol em excesso, proteja-se dos raios ultravioleta e mantenha dieta equilibrada com muitos líquidos. Divirta-se e descanse para começar 2011 com o pé direito! - Gilberto Natalini, médico e vereador (PSDB) em São Paulo.



Consumo de álcool é grave entre europeus

Europa enfrenta problemas com os sérios efeitos do consumo excessivo de álcool. Doenças graves, como cirrose hepática, afetam pessoas cada vez mais cedo. Uma série de políticas de saúde não teve sucesso em questões relacionadas com o álcool em toda a Europa. Dois especialistas em doenças do fígado discutiram uma série de soluções práticas para combater a doença provocada pelo álcool durante conferência monotemática organizado pela Associação Europeia para o Estudo do Fígado dia 11 de dezembro de 2010.
 

Doença hepática é o principal problema de saúde provocado pelo álcool. A Europa tem a maior taxa de consumo de álcool no mundo (o equivalente a 11 litros de álcool puro por adulto cada ano). Um em cada quinze adultos sofre de graves condições de saúde devido ao consumo de álcool – o que torna o vício a terceira maior causa de morte prematura e doenças depois do tabaco e hipertensão. Um em cada sete adultos europeus (com 15 ou mais anos, sexo masculino) consome mais de 35cl de álcool por semana. Entre consumidoras a marca atinge 18cl de álcool no mesmo período. Em média, um em cada cinco relata consumo pesado (44cl), pelo menos uma vez por semana.


Suplemento NQI: Confirmada a eficácia deste produto para dissolver pedra nos rins
 

Foi confirmado por pesquisadores de duas universidades federais a eficácia do suplemento nutricional NQI para tratar e prevenir cálculos renais, além de também dissolver as pedras já formadas no organismo de quase 90% dos pacientes que participaram das pesquisas. As pesquisas foram realizadas "in vitro" e "in vivo". Apesar da confirmação, produto continuará sendo comercializado como suplemento e não medicamento.


 

Uma aspirina por dia reduz risco de morte por câncer em 21%

A ingestão diária de aspirina reduz o risco de morte por câncer em 21% após cinco anos, e os benefícios parecem aumentar com o tempo, persistindo por 20 anos, em muitos casos, revelaram investigadores britânicos em artigo publicado no The Lancet, em dezembro de 2010, após a coleta de dados de oito estudos clínicos envolvendo 25.570 participantes que já estavam em terapia com aspirina, pelo menos durante quatro anos. Em todos os casos os ensaios com aspirina são feitos em comparação com placebo.

Eles também descobriram que morte por qualquer causa e não apenas por câncer, foi 10% menor para quem utilizou 75 mg de aspirina por dia.

As doses de aspirina nos oito ensaios variaram de 75mg a 500mg por dia. Os ensaios foram realizados originalmente para a prevenção de eventos vasculares.

 

 

 

Videogames e realismo podem aumentar agressão

Mais de 60% dos pais dizem que jogos de videogames não têm efeito sobre os filhos. Não é verdade, diz Marina Krcmar, professora-associada de comunicação na Universidade Wake Forest, Carolina do Norte, Estados Unidos, que estuda o impacto dos videogames sobre crianças e adolescentes. E, como os jogos ficam mais realistas, uma pesquisa mostra que efeitos positivos e negativos sobre crianças aumentam, afirma Krcmar. “Realismo maior leva maior imersão, maior imersão leva a maiores efeitos. Um desses efeitos pode ser aumento da agressão”.



Homeopatia: consultas podem beneficiar pacientes com artrite

Novas evidências de que consultas homeopáticas podem reduzir sintomas da artrite reumatóide têm sido reveladas por cientistas da Universidade de Southampton.

Em estudo publicado dia 16 de novembro de 2010 na revista Rheumatology, pesquisadores descobriram que pacientes com artrite foram significativamente beneficiados quando passaram a fazer consultas com homeopatas juntamente com o tratamento convencional por um período de seis meses, mas essa melhora foi devido ao processo de consulta e não a seus remédios.

“Embora estudos anteriores tenham mostrado que a homeopatia pode ajudar pacientes com artrite reumatóide, esta é a primeira vez que temos evidências científicas de que esses benefícios são devidos a seu processo específico de consulta”, comenta o autor principal, Dr. Sarah Brien, pesquisador-sênior de medicina complementar da Universidade de Southampton.



Esclerose múltipla – ciência aponta caminhos

Cientistas descobriram que células-tronco podem regenerar a bainha de mielina que protege as fibras nervosas. A mielina também ajuda a conduzir impulsos elétricos que facilitam o bom fluxo de energia ao longo do sistema nervoso do cérebro. Doentes com esclerose múltipla possuem várias áreas onde a mielina desapareceu, deixando uma cicatriz (esclerose). Cientistas da Universidade de Cambridge e Edimburgo descobriram em ratos de laboratório um "interruptor" biológico que ajuda as células-tronco no cérebro a regenerar a mielina. Eles escreveram sobre suas pesquisas na revista Nature Neuroscience.



Pesquisa in vitro mostra que glucosamina afeta células do pâncreas

As doses elevadas ou o uso prolongado de glucosamina provoca a morte de células do pâncreas e pode aumentar o risco de desenvolver diabetes, segundo equipe de pesquisadores da Faculdade de Farmácia da Universidade de Laval, no Canadá. Detalhes da descoberta foram publicados recentemente no site do Journal of Endocrinology.
 

Testes in vitro realizados pelo professor Frédéric Picard e sua equipe revelaram que a exposição à glucosamina provoca aumento significativo da mortalidade de células produtoras de insulina no pâncreas, fenômeno ligado ao desenvolvimento do diabetes. A morte celular aumenta com a taxa de dose de glucosamina e com o tempo de exposição.

“Em nossos experimentos, utilizamos doses cinco a dez vezes maiores que o recomendado pela maioria dos fabricantes - 1.500 mg/dia”, ressaltou o professor Picard. “Estudos anteriores mostraram que uma proporção significativa de usuários de glucosamina amplia a dose na esperança de aumentar seus efeitos”, explicou.

No caso de esse efeito de risco estender-se aos humanos, certamente os mais atingidos serão os idosos, os mais sujeitos ao tratamento com a medicação.
 

 

 

Farelo de arroz escuro para combater inflamações

Cientistas estão revelando indícios de que o arroz preto - variedade pouco conhecida do grão comum, alimento básico para um terço da população mundial - pode ajudar a aliviar a inflamação envolvida em alergias, asma e outras doenças. O estudo foi publicado no jornal quinzenal Journal of Agricultural and Food Chemistry.

Mendel Friedman e seus colegas salientam que suas pesquisas anteriores mostraram várias vantagens potenciais sobre a saúde ao consumir farelo de arroz preto. Farelo é a casca externa do grão, removida durante o processamento de arroz integral para produzir o familiar arroz branco. Essas experiências, realizadas em culturas de células, sugere que o farelo de arroz preto inibe a liberação de histamina, que provoca inflamação.

 

 

Vitaminas do complexo B podem ajudar a retardar demência
 

Grandes doses de vitaminas do complexo B podem reduzir a taxa de encolhimento do cérebro de pessoas idosas com problemas de memória e retardar a progressão da demência.

Ensaio clínico de dois anos feito na Inglaterra mostrou que as vitaminas B, incluindo B-6, B-12 e ácido fólico, abrandam o prejuízo cognitivo moderado, importante fator de risco para doença de Alzheimer e outras formas de demência.

O Dr. Gustavo C. Román, diretor médico do Centro de Alzheimer e da demência no Instituto Neurológico Metodista em Houston, disse que pacientes que já apresentam sinais de demência e com teste positivo para níveis elevados de homocisteína estão mais propensos a responder bem às altas doses de vitaminas do complexo B. Homocisteína é um aminoácido existente no sangue e níveis sanguíneos elevados estão associados a risco aumentado de desenvolver doença de Alzheimer.



Atividade e dieta baseada em vegetais reduzem riscos de câncer

Lembrando projeções que indicam que em 2030, a população idosa americana vai chegar a 20% - 78 milhões de pessoas - e que americanos tornam-se cada vez mais impotentes com o risco de câncer à medida que envelhecem, o American Institute for Cancer Research (AICR) mostrou que mesmo na vida adulta, muitos cânceres podem ser adiados ou evitados através de atividades físicas regulares e dieta baseada em vegetais.
 

Os resultados das pesquisas foram apresentados no encontro anual de pesquisa - Conferência sobre Alimentação, Nutrição, Atividade Física e Câncer -, e refletem a influência da dieta e atividade sobre o maior fator de risco: o envelhecimento.

Segundo as últimas estimativas, cerca de quatro em cada cinco tipos de câncer são diagnosticados após os 55 anos, e, depois dos 65, o risco de uma pessoa contrair câncer é dez vezes maior do que para os mais jovens. Cada vez mais pesquisas demonstram que, em qualquer idade, os indivíduos podem tomar medidas simples - como praticar atividades físicas e consumir mais frutas, legumes e grãos integrais - que ajudam a retardar o envelhecimento e correr menor risco de câncer.

Você não pode controlar a idade, mas pode controlar o risco de câncer", afirmou a nutricionista Alice Bender. "Isso é o que a nova ciência está mostrando e é isso que as pessoas precisam entenderh.



Uso de aspirina no pré-operatório previne complicações

Estudo apresentado na reunião anual da Sociedade Americana de Anestesiologia revelou que o uso de aspirina antes da cirurgia cardíaca reduz complicações pós-operatórias, incluindo isquemia, derrame do miocárdio, bloqueio cardíaco e parada cardíaca em mais de 33% quando comparado a pacientes que não fizeram uso de aspirina.

A pesquisa também mostrou que o uso de aspirina no pré-operatório reduziu a insuficiência renal pós-operatória em 55%, a exigência de diálise em 74%, e não provocou maior sangramento pós-operatório, motivo comum para readmissão ao hospital depois de certas cirurgias cardíacas.

"Apesar do tremendo progresso no campo da cirurgia cardíaca durante as últimas quatro décadas, o tratamento clínico preventivo para reduzir as principais complicações cardiocerebrais e renais associadas à cirurgia, incluindo ataque cardíaco, derrame cerebral e insuficiência renal, tem sido escasso e ineficaz. Essas complicações continuam comuns, importantes e dispendiosas, principalmente em pacientes mais velhos e doentes ", disse Jian-Zhong Sun, do Departamento de Anestesiologia da Universidade Thomas Jefferson.

 

 

 

Veneno de escorpião: sucesso em pontes de safena

Toxina encontrada em veneno de escorpião da América Central poderá ser chave para reduzir falhas de pontes de safena: é cem vezes mais potente que outros recursos, informa a Universidade de Leeds, Inglaterra.
 

 

 

TV, video e games violentos prejudicam adolescentes

A pesquisa foi publicada no Oxford Journal - Social Cognitive and Affective Neuroscience. Adolescentes ficam sujeitos a comportamentos agressivos, informou a publicação, editada em outubro.
 

 

 

Vitamina E contra câncer da próstata

Pesquisadores na Queensland University of Technology (QUT), Austrália, lideram a luta contra câncer de próstata que mata três mil australianos por ano. Arma principal? O componente tocotrienol T3, da vitamina E.
 

 

 

Jornal da Saúde prepara seu primeiro livro

Jornal da Saúde está selecionando os melhores textos publicados desde sua fundação, em julho de 1982, para lançamento de seu primeiro livro. O jornal publicou milhares de matérias especializadas desde seu início.
 

 

 

Jovens não contam tudo.

O estudo Just Say 'I Don't': Lack of Concordance Between Teen Self-Report and Biological Measures of Illicit Drug Use, publicado este mês na Pediatrics, informa que testes revelaram índices de cocaína 52% acima do relatado.
 

 

 

Densidade Óssea

Vibração aplicada no corpo todo pode ajudar a reduzir perda de densidade óssea e suas graves consequências na terceira idade. O relatório é de pesquisadores do Medical College of Georgia. Aplicação: sessões diárias de 30 minutos, durante três meses.

 

 

 

Grãos Integrais evitam doenças

Pesquisadores americanos afirmam: várias porções diárias de grãos integrais e menor consumo de refinados evita doenças cardiovasculares e diabetes tipo 2. Informação do American Journal of Clinical Nutrition, online desde fim de setembro.

 

 

Clique aqui e veja mais notícias curtas e quentes
(disponível somente para assinantes do Jornal)

 

 
Publicado por: Jornal da Saúde Integral

 

 

Patrocinadores
ZÊLO
Radio Missão Evangélica
Psicologia Transpessoal
artmicelania
Lojas Americanas
Anuncie aqui
Assine o Jornal Saúde Integral
Loja Adere
Procurando Psicólogo?
Denil Modas
Cogumelo do Sol
FREE ITALIA
Link Parceiro

 

 

 

 

 

 

©2002 - 2011 Jornal da Saúde Integral, Todos os Direitos Reservados | Anuncie | webmaster
desenvolvido por: MediaMaster
Curtas e Quentes do Jornal da Saúde. Confirmada a eficácia do NQI para para dissolver cálculo renal. Curtas e Quentes.